Geral

Imposto sobre a exportação da carne bovina é reduzido em Rondônia

Share Button

O governo de Rondônia reduziu em 80% o imposto que incide sobre a exportação de carne no Estado. A queda no valor do imposto foi anunciada na segunda-feira (7).

O objetivo, segundo o secretário de Finanças (Sefin) Wagner Garcia, é fomentar a exportação e socorrer os pecuaristas do estado que, segundo ele, ainda sofrem as consequências dos vários eventos que prejudicaram o setor em todo o país, especialmente a Operação Carne Fraca, da Polícia Federal.

De acordo com a assessoria do Governo, Rondônia tem cerca de 600 mil cabeças de boi gordo no pasto, pronto para o abate. O decreto 22.160, que oficializa a redução no imposto, assinado na sexta-feira (4) e tem prazo de vigência até 31 de dezembro deste ano.

A expectativa da Sefin é que, até o final do ano, os bois prontos para o abate nas fazendas sejam todos comercializados, equilibrando o mercado e a economia estadual.

Mentor da iniciativa para socorrer os pecuaristas, o governador Confúcio Moura disse que a decisão se justifica devido o acúmulo em excesso de boi gordo no pasto.

O decreto 22.160, de acordo com o Governo, estabelece a redução do imposto sobre a carne em 80% nas operações interestaduais com gado bovino em pé, da produção interna, de forma que a carga tributária resultante seja equivalente a aplicação do percentual de 2,4% sobre o valor da operação.

G1/RO

comente

Veja Também:   Rondônia: veículos com placa final 0 devem ser licenciados até o dia 31 de outubro
To Top